• últimas resenhas •

6 de dezembro de 2017

Santa unha

É só você olhar para as mãos das mulheres que notará na maioria a unhas feitas. Cores maravilhosas, umas mais chamativas, algumas escuras e outras bem delicadas. Cada mulher gosta de pintar do seu jeito.
Isso é ótimo. Uma vaidade que praticamente reina em 9 de 10 mulheres.
Atrelado a isso, nós temos o dito cujo do crescimento da unha. Ou seja, a briga constante entre unha grande e unha pequena.
Não entendi, Juju. Pode explicar?



Mas é claro. É o seguinte, uma unha comprida e bem feita é lindo, não é? Então, para deixarmos a unha crescer acaba sendo uma guerra, pois quando todas estão chegando no tamanho que você mais almeja uma delas vai lá e... PIMBA! QUEBRA.

É SEMPRE ASSIM. Vai dizer que estou enganada? Bem, posso estar se considerarmos aquelas unhas que realmente não quebram com facilidade. O que não é o meu caso, por exemplo, então estou me referindo ao que tenho conhecimento. :)

Continuando, em muitos caso, nós, apelamos para as unhas com um crescimento rápido, que conseguimos no salão: acrigel, porcelana, fibra e por aí vai.

A unha realmente fica linda, ela é mais difícil de quebrar e o esmalte dura muito mais tempo do que o normal, às vezes até um mês se você cuidar bem. Isso é o mundo. Quem não quer um esmalte que não saia 3,4 dias depois de você ter pintado? Mas tem o lado negativo, falo por experiência própria, ao retirar a sua unha de verdade fica uma bosta, uma coisa horrorosa, igualzinho a um papel. Isso mesmo, fica muuuito fraca. Para conseguir recuperar toda a força dela você terá que esperar um bom tempo, às vezes, em alguns casos, a sua unha nunca mais voltará ao normal. E eu já vi relatos na internet de que a pessoa obteve fungos e etc.

Devastador, não?

A minha unha demorou um tempo para se recuperar, mas afirmo que até hoje não consegui que ela voltasse como era antes de ter feito esse procedimento.

Agora, uma coisa que eu NÃO ENTENDO é o tamanho que algumas pessoas decidem colocar. MEU DEUS! Tem gente que coloca uma unha ENOOOOOOOORME.


Vejam o que estou falando nessas imagens que retirei da internet:




Gente, como essas pessoas se limpam depois de fazerem xixi e cocô? Não dói? Não incomoda?

Pelo menos para limpar o salão (no nariz) há uma facilidade.

Alguém me explica como que a pessoa vive com essas unhas? Abrir um pote deve ser complicado.

Ai, que nervoso.



E você? Já usou unha assim? Teria coragem?


Nenhum comentário:

Postar um comentário