• últimas resenhas •

24 de janeiro de 2018

Felicidade é sinônimo de dinheiro?


Não sei se você viu o meu último vídeo no YouTube (se não viu está aqui:  https://www.youtube.com/watch?v=I6iCCZmQUMI . E está muito legal, pode confiar, não apenas porque eu estou dizendo isso. São 15 curiosidades, coisas, fatos que você não sabe sobre mim e que resolvi dizer. Essa #parte1 tem coisas bem tranquilas.  Conforme novas partes forem aparecendo revelarei mais coisas.)

Em um tópico desse vídeo eu disse que "sou feliz, simpática, educada, alegre...". É com essas palavras que eu resolvi criar esse post.

Muitas pessoas olham para mim e me perguntam qual a mágica para a felicidade. A maioria acha que sou rica, que tenho tudo o que quero, que vivo no luxo. Eu realmente não sei de onde tiraram esses pensamentos. Dizem que não tem como ser feliz com pouca coisa. Eu não acredito quando alguém me fala isso. Na verdade, nem quero e nunca irei acreditar numa coisa dessas. Como assim a pessoa tem que ser milionária para ser feliz? Deixa eu te perguntar uma coisa: você acha que o homem e a mulher mais rico/rica do mundo é totalmente feliz? Eles tem tudo o que suspiram ter? Sim. Eles pensam em algo e já conseguem atingir o objetivo? Sim. Eles vão a eventos de luxo e conhecem todos os famosos? Sim.  Eles tem amigos fieis que não estão nem aí para o dinheiro e pelo conhecimento que podem levar junto? Não. O amor é verdadeiro? Talvez.

Eu não acho que para atingirmos a nossa felicidade é necessário em primeiro lugar ter muiiiiiiito dinheiro. Não estou falando que viver bem é ruim. Em hipótese alguma. Mas por qual motivo não podemos estar de bem com a vida ganhando pouco, razoável ou bem? Porque tem que ganhar muuuuuuuuito e muuuuuuuuuuuuuuuuuito bem?

O problema das pessoas é achar que só logram o sucesso, a amizade ou qualquer coisa do tipo através do poder. Eu acho totalmente o oposto. Poder é a queda do ser humano.
Dê poder a um homem e verás quem ele é.

Quantos nomes na nossa história, na história da humanidade, que teve o poder em suas mãos e destruiu tanta coisa ao seu redor? Famílias, países, economias, natureza,animais,...?

Eu acredito veemente que a felicidade vem da nossa base, vem do que desejamos ser, e a atraímos como assim desejamos. Todos passam por momentos difíceis na vida, lógico. TODO MUNDO. SEM EXCEÇÃO. Mas cabe a nós reconstruirmos cada degrau que se quebra. Sempre existirão aquelas pessoas que são menos desafortunadas do que você e outras que tem uma quantia na conta bancária que você nem imagina o que dá para comprar com ela. No entanto, todos esses tipos levam a vida do jeito que acham correto e se comunicam com a felicidade do jeito mais viável.

Eu não sou rica, mas também não sou pobre. Agradeço a Deus por tudo que me deu e por tudo que eu não consegui ter. Sabe porquê? Pelo simples fato de que o rumo da nossa vida a gente espera que seja trilhado de acordo com a nossa vontade, mas quando as coisas mudam de direção a gente começa a pensar além e é nesse momento que se descobre a verdadeira vontade, a incansável felicidade.

Ser feliz é você estar bem consigo mesmo. Ser feliz é você ter o amor, a perseverança, o carinho, a família, a humildade.

Ser feliz é ser quem você é.

Não importa a classe social e qualquer outra diferença entre um ser humano e o outro. A felicidade somos nós que construímos. A felicidade sou eu. A felicidade é você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário