• últimas resenhas •

29 de junho de 2018

Tudo igual


Eu gosto de poesia, às vezes posto aqui no blog algumas para a reflexão e outras apenas para admiração. Vasculhando na internet eu achei essa poesia que diz tudo sobre como nós somos no meio social.

SOCIAL

Tudo igual
tá na hora de fazer a social
as mesmas fotos, sorrisos, cabelos e cores
tudo padronizado, forçado, banal
os mesmos sonhos, vícios e dores
tudo combinado, acertado, programado
as mesmas musicas, bandas, artistas
os mesmos livros, filmes, programas
tudo maquiado, pensado, formulado
todos iguais
as mesmas frases, piadas, poemas
os mesmos desejos, paisagens e temas
tamanho, peso, formato
marcas, lugares, valores
tratado, maquiado e melhorado
tudo muito bem arquitetado
deixe o seu recado
padronizando as diferenças
tudo parece meio forçado
ao gosto de um público alienado
o charme, a conquista, os amores
a beleza, as crenças, os valores
as conversas, os defeitos, os sabores
tudo segue o mesmo padrão
sem perdão, tem a mesma vocação
sem sentidos, todos perdidos
aonde chegarão?

Perfeito, não é? Palmas para esse autor (não sei quem é) que criou este texto totalmente coerente com a nossa realidade, ou seria virtualidade?

Um beijo,